SambaLá para Sempre

A primeira porta-bandeira da escola Lilian rodando com felicidade com Edimarcos o mestre-sala (atras) mostrando pela primeira vez a nova bandeira da SambaLa

AVISO: português de gringo!

Eu sempre digo aos nossos membros que acabarão se surpreendendo com a SambaLá. Mas depois do nosso desfile de sábado em Boca, quem ficou de boca aberta fui eu e ainda não acredito que tudo isso aconteceu…

Na verdade, o sucesso começa bem antes do evento, pois só de preparação tivemos 2 anos de muito trabalho. O universo estava devendo à SambaLá um grande favor, depois do furacão de 2017. O céu clareou a nossa passarela, e para um dia que de acordo com a previsão seria chuvoso, não deixou um pinginho cair durante o nosso evento.

A Globo cumpriu a promessa de fazer uma matéria sobre a SambaLá para celebrar 15 anos e nos seguiu filmando o dia inteiro para celebrar 15 anos juntos. Afinal, SambaLá foi a primeira matéria do programa “Planeta Brasil” em 2004. Ao longo desse ano também ganhamos um novo grande amigo, Igor Leal, que é um espetáculo de ser humano, talento, carinho, e paixão pela vida. Alex de Oliveira, o nosso amigo de  muitos anos, também estava conosco, como e onde sempre deveria estar. Então sentimos que estávamos com tudo em ordem para que algo fantástico acontecesse.

A bateria, Madrinha, Rainha, e Musa da SambaLa

Apesar dos obstáculos, de não ter carro de som, nem carro alegórico, o nosso desfile foi uma maravilha de harmonia. Eu e Dóris planejamos o nosso desfile e com muita união e esforços de todos, e tudo funcionou incrivelmente bem!

Parte do equipe de apoio da nossa escola. OBRIGADO!

Entretanto, um momento que me marcou para sempre foi algo que talvez ninguém nem prestou muita atenção. A escola estava na avenida, na área de concentração, esperando Diogo e o nosso desfile começar. Quando eu andava para lá e para cá, inspecionando tudo, eu vi uma cena que mexeu muito comigo.

Todos os meus amigos, membros, conhecidos, e desconhecidos, alguns com a camisa de apoio, outros usando o nossa abadá – todo mundo numa corrente de mãos dadas com sorrisos grandes no rosto, fazendo um cordão humano para que a nossa escola passasse com muito carinho e orgulho.

Ao final do show, a visão que tive foi como se estivéssemos na última cena de uma novela brasileira, na qual no final tudo dá certo. E nesse momento eu entendi que aqui na Flórida, algo muito importante para mim pessoalmente pode acontecer: A SambaLá vai continuar para sempre. Que os membros novos e antigos vão continuar realizando seus sonhos. E mais importante, não deixarão o samba morrer aqui na terra do Tio Sam.

Diogo Nogueira cantando no palco no Mizner Amphitheater com a escola de samba SambaLá enteira no palco

Eu confesso que não tenho mais tanta paciência para fazer tudo que for necessário para SambaLá continuar. Eu até perco o controle de vez em quando, por exemplo: quando a nossa escola nova aqui na Flórida sofre por ser um bebê ainda engatinhando. Pode ser frustrante.

Mais esta corrente de mãos dadas, de todas as pessoas que dedicam uma hora, um dia, uma semana, um mês, ou até muitos anos para fazer SambaLá e a cultura Brasileira continuar brilhando, me dá forças para continuar e mais importante, me dá esperança de que o samba e a SambaLá vão continuar algum dia, mesmo sem eu e Dóris.

Dóris, meu eterno amor. Sacrificamos muito para esta escola e sofremos muito também. Brigamos, rimos e choramos juntos. Mais eu sinto um imenso amor e gratidão de ter tido a sorte me apaixonar por você. Eu sinto muito pelos sacrifícios que você e nossa família ainda sofrem até hoje em função da SambaLá.

Baianas lindas da Mocidade 2017 doadas para a SambaLa

Mais quem diria, Dóris, minha vida, que você se tornaria esse grande talento e força nas artes carnavalescas? O seu talento é imenso. Ontem, foi tudo incrível: o melhor bateria em nossa história, o maior show de palco em nossa história. Mais, para mim, o que fez ontem brilhar foram as melhores fantasias que SambaLá já colocou na avenida. Todo mundo elogiou a bateria, mas no final não faltou: -“mas as fantasias: FANTÁSTICAS!”

E ainda mais: SambaLá realiza os sonhos de tanta gente. Isso não tem preço! E você meu amor, realiza e realizou os sonhos de milhares.

Dóris, me perdoe por todos os sofrimentos que eu fiz você passar. Eu só espero que você se recupere através da felicidade que sente em ver a sua arte na avenida, os sonhos realizados, com a certeza de que tudo compensa no final.

Agora são dias de descanso, fora do samba, para voltarmos para nossas vidas normais. Escola, trabalho – cuidando das nossas famílias, amigos e vida.

SambaLa literalmente invadiu o palco para um grande final da noite em Boca Raton

Mas temos os momentos de sábado que jamais serão retirados das nossas memórias. Para mim o nosso ápice foi a invasão ao palco, proporcionando ao público um grande show! E mais gente foi chegando perto do palco  quando nós subimos.

Enfim, agora eu tenho fé que a SambaLá estará aqui para sempre e no dia 8 de 2018, SambaLá virou um patrimônio mundial do Samba.

Obrigado Dóris. Obrigado família SambaLá. Obrigado por tudo que faz para fazer este universo brilhar um pouco mais!

Viva o Samba! E viva a  SambaLá…

para sempre…

David de Hilster
SambaLá President

151 total views, 2 views today

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *